O Brasil sedia pela primeira vez o Campeonato Mundial de Natação Militar.

A competição que se inicia na próxima terça-feira (12/12) será realizada nas instalações construídas para os Jogos Olímpicos Rio 2016, na Comissão de Desportos da Aeronáutica (CDA), no Rio de Janeiro (RJ). A 49ª edição da disputa promovida pelo Conselho Internacional do Esporte Militar (CISM) vai reunir 131 atletas dos seguintes países: Alemanha, Brasil, Canadá, França, Índia, Iraque, Luxemburgo, Polônia, Rússia, Sri Lanka, Suíça e Ucrânia.

O campeonato é organizado pelos Ministérios da Defesa e do Esporte em conjunto com a Comissão Desportiva militar do Brasil (CDMB) e da CDA. O objetivo é impulsionar a preparação dos atletas militares de alto rendimento para os 7º Jogos Mundiais Militares na China, em 2019, e os Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020.

O mundial contará com nadadores reconhecidos internacionalmente. Vem ao Brasil o russo Anton Chupkov, 3º lugar 200m peito nos Jogos Rio 2016 e campeão mundial em Budapeste; além do francês Marc-Antoine Olivier, medalha de bronze nos jogos Rio 2016 no 10 km masculino e campeão no mundial de Budapeste.

Entre os competidores também estão os brasileiros Etiene Medeiros, atleta olímpica nos Jogos Rio 2016 e campeã mundial 50m costas em Budapeste; e João Luiz Gomes, vice-campeão nos 100m peito em Budapeste e 5º lugar nos Jogos Rio 2016. Os dois atletas são Sargentos das Forças Armadas e integram o Programa de Alto Rendimento, uma parceria entre os ministérios da Defesa e do Esporte. Hoje, o Programa conta com 627 atletas, 552 do quadro de  militares temporários e 75 de carreira. O objetivo é apoiar atletas de alto rendimento, melhorar o desempenho e descobrir novos talentos esportivos.

O acesso à competição será gratuito e aberto ao público. Os jogos da etapa classificatória serão disputados a partir das 9h30 da manhã na piscina olímpica da CDA. As finais serão disputadas a partir das 17h.

© 2017 49º Campeonato Mundial Militar de Natação CISM 2017. All rights reserved.